A delação do Cerveró e a imprensa

Nessa semana Nestor Cerveró, diretor da Petrobras indicado pelo PT, fez sua delação. Os pontos mais marcantes estão nos itens abaixo:

– Cerveró dá detalhes das operações do PT
– Cerveró cita os nomes: Delcídio Amaral, Renan Calheiros, Aníbal Gomes, Jader Barbalho, Collor…
– Cerveró esmiúça o caso Dilma-Pasadena dizendo que Dilma não só sabia de tudo como o cobrava diretamente e fez várias reuniões para tratar do assunto
– Cerveró disse que foi pessoalmente tratar no gabinete do Renan Calheiros pois o mesmo estava o cobrando as propinas que não estavam sendo repassadas
– Cerveró ligou diretamente o Lula aos casos de corrupção com os esquemas do Delcídio
– Cerveró disse que o Lula lhe ofereceu um cargo público em 2008 como “reconhecimento” pela ajuda que ele prestou para quitar um empréstimo fraudulento de R$ 12 milhões da Schahin
– Cerveró afirmou que a Diretoria Internacional da Petrobras, comandada por ele, aceitou contratar a Schahin Engenharia por US$ 1,6 bilhão para a operação de um navio-sonda, o Vitoria 10.000, como uma forma de o PT retribuir o grupo Schahin pelo empréstimo
– Cerveró afirmou que Lula atribuiu ao então senador José Eduardo Dutra (PT-SE) “missão de participar do ‘esvaziamento’ da CPI da Petrobras” instalada no Congresso em 2009
– Cerveró disse que em setembro de 2013 foi chamado a Brasília para uma reunião com Collor na Casa da Dinda. No encontro, o senador afirma ter falado com Dilma, “a qual teria dito que estavam à disposição de Fernando Collor a presidência e todas as diretorias da BR Distribuidora”

Entre outras…

Cerveró ficou na diretoria da Petrobras entre 2003 e 2008, e em seguida, foi nomeado diretor financeiro e de serviços na BR Distribuidora.

No final da Delação, Cerveró disse que em 2002, o “governo FHC” recebeu 100 milhões. Não disse quem pagou e nem quem recebeu. Não sabe o receptor da propina e nem quem entregou o pacote. Não disse qual era o esquema da época. Não disse mais nada.

E qual foi o destaque na imprensa?

Você digita “cerveró” no Google e as manchetes só trazem os tais dos 100 milhões pro “governo FHC”

google

Na maior emissora do país os telejornais tiveram uma interessante vertente. Acompanhem os destaques

O Jornal Nacional, no horário nobre e com a disparada maior audiência, destacou

JN

Mais tarde, o Jornal da Globo, já na madrugada com bem menor audiência e que conta com o ácido William Waack foi mais preciso no cerne da delação do Cerveró

JG

No dia seguinte o Jornal Hoje, hora do almoço com audiência média, mais em cima do muro fez a chamada salomônica e jogou todo mundo no mesmo saco

JH

É só perceber.

Atualização: no dia 12/01/2016, finalmente o Jornal Nacional deu o devido destaque com o foco correto

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: