Vou fazer um bico de prefeito

A matéria da Exame diz que o Prefeito de Macaé vai trabalhar apenas meio expediente e abrir mão do salário pelos desempregados

Prefeito trabalhar meio expediente não faz sentido. Muito menos trabalhar sem receber salário.

O prefeito de uma cidade, ainda mais do porte de Macaé, tinha que ter dedicação pela atividade. A função administrativa não é simples. É uma baita de uma responsabilidade ser um gestor público. O cara tem a chave do cofre da cidade.

Caso um cidadão seja eleito prefeito e tenha uma outra ocupação profissional, ele deveria sair de licença dessa outra atividade ou algo parecido (caso a licença não fosse possível)

Corta os apadrinhados, reduz as verbas de gabinete, diminui os cargos de confiança, faz uma revisão dos contratos da prefeitura com as diversas empresas prestadoras de serviços, identifica os ralos… Enfim, enxuga a máquina.

Mas não. Vai ficar lá meio expediente sem trabalhar e “economizando” 17 mil do orçamento que não vai mudar nada. 1/2 prefeito = 0

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: