Aspecto mercadológico da questão dos professores

“A regra do salário é igual no mundo inteiro desde Adão e Eva. As pessoas recebem pela sua raridade e não pela sua importância. Os professores estão em alta, e ganhando pouco. Por que? Porque tem muito. O Popó ganhou em 12 minutos o que nenhum professor vai ganhar. Mas o Popó só tem um.”

****

O Barecon sempre estará a favor da valorização do profissional de educação e entende que a importância do professor vai até além do que se fala convencionalmente por aí, como mostra esse post de 2 anos atrás. Mas também não se esquiva de pontos de vista até simples de se entender.

A secretária de educação da Prefeitura do Rio disse recentemente em entrevista no RJTV que o salário para os professores é o maior entre todas as capitais do Brasil (em torno de R$ 4,4 mil para 40 hs).

Protesto Professores

Sério mesmo isso?

2 comments so far

  1. Victor on

    Tua esposa há bem pouco tempo tirou a carteira de motorista. Você sabe muito bem o périplo que ela passou, especialmente comparando com o que você passou há meros 15 anos atrás, para conseguir chegar a fazer a prova.
    Não foi disponibilizado a ela a opção de estudar e aprender, mas sim a OBRIGAÇÃO em pagar, perder tempo e tomar benção de forma ineficiente.

    Enquanto o consultor no vídeo fala em um Mundo de empresas que deveriam competir para ser mais eficientes, oferecendo produtos cada vez mais necessários para sobreviver no Mercado, vivemos em um local onde a própria Sociedade através do Estado com seus Legisladores, executores e juristas SUBSIDIA a incompetência taxando os cidadãos dela própria estimulando a ineficiência, estimulando atravessadores.

    Se em algo tão simples e pequeno como um mercado de auto-escolas, sem maiores apelos “nobres” fizeram isso e custeado diretamente pelo usuário final, imagina o que não é feito no complexo, gigante e universal modelo educacional onde o usuário final não coça o bolso, é um beneficiado. Imagina como toda a carga emotiva na nobre alegação da importância de educação para todos não deve propiciar nos meandros infinitos de possibilidades de ineficiência taxada.

    E mais não escrevo sobre o assunto, já que não estou disposto a perder amigos que são Professores.

    • Bender on

      Essa involução do mercado de auto-escolas realmente é um belo exemplo de ineficiência. Faltou o post.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: