Lula fez a festa. Dilma paga a conta

Granja DO TORTO

No final da semana passada o governo anunciou o corte de R$ 50 bi no orçamento de 2011. O maior desde que o PT chegou ao poder.

A primeira medida foi a suspensão dos concursos públicos. Além dos já aprovados terem que esperar, novos concursos nesse ano na esfera federal serão raros. A conta chega. Os chamados concurseiros, que traçaram um planejamento de estudo e têm uma série de gastos com o projeto, terão que esperar.

Não tem jeito. É a sinalização do ajuste fiscal. A preocupação é com o superavit primário. Ou controla-se mais rigorosamente os gastos ou arrecada-se mais. Ou pior, ambos. O reajuste da tabela do Imposto de Renda ou o aumento de alguma alíquota de algum imposto, será o assunto abordado daqui a pouco.

5 comments so far

  1. Taís on

    Tá fogo mesmo…
    Mas os concursos municipais e estaduais continuam e são a esperança de 2011. E os concursos fedeari que estão na geladeira são os do Executivo…

  2. rkbender on

    Concursos estaduais pagam pouco.
    Por incrível que pareça, dos concursos que vi para o Município, tanto a Prefeitura do Rio quanto a de Niterói pagam melhor que o Estado. Mas mesmo assim perdem para a esfera federal.

  3. Andre Bona on

    O estelionato eleitoral se confirma.

  4. Evertonric on

    Concordo contigo parceiro,
    Gostaria de agradecer pela visita no Finaças Forever.
    e tbem dizer que eu já assinei seu feed RSS deste blog aqui
    Bom blog tbem, starei sempre visitando.
    E não deixe de nós visitar tbem
    http://financasforever.blogspot.com
    Abraços


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: